LEI DA ATRAÇÃO, AMOR E DÚVIDAS!

Aqui você poderá tirar todas as suas dúvidas sobre como agir em relação a sua vida amorosa.
 
InícioInício  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 REJEIÇÃO: LIDANDO COM O AMOR NÃO CORRESPONDIDO

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 136
Data de inscrição : 05/08/2011

MensagemAssunto: REJEIÇÃO: LIDANDO COM O AMOR NÃO CORRESPONDIDO   Seg Set 05, 2011 2:15 pm

ENTREVISTA COM CHRIS ALMEIDA

Amando não temos a certeza de que seremos amados. Por que é tão difícil ser rejeitado por quem se ama?
C: Porque aquilo que supostamente chamamos de amor, não passa muitas vezes de um comércio. O amor não deveria nunca depender da outra parte. Nunca. Devemos cultivar a arte de sermos pessoas amorosas e emanar este amor sem a necessidade de possuir. Posso viajar e ficar encantado com uma determinada cidade. Posso ir para Paris e amar tudo aquilo que apreciei por lá. Mas não posso carregar Paris em minha bagagem de volta. Sim, eu amei aquela cidade, mas agora é bom que ela permaneça por lá e eu aqui. O mesmo se dá com as pessoas. Amar alguém deve estar desvinculado do desejo de possuir este mesmo alguém. Mas parece que aprendemos tudo errado. Assim, quando este outro alguém não corresponde ao nosso amor - e por não corresponder, leia-se: não quer devolver aquilo que lhe entregamos - nos sentimos mal e chamamos isto de rejeição.

"Fingir que nada acontece e não rejeitar o outro fortalecerá um vínculo kármico-emocional entre ambos"

E como lidar com a rejeição no amor?
C: Não ser correspondido por alguém significa que esta outra pessoa não possui por mim o mesmo sentimento que possuo por ela. Isto deveria ser natural e comum. Mas criamos um problemão sobre esta situação porque, no fundo, vinculamos a nossa autoestima com a quantidade de pessoas que nos apreciam. Quanto mais desenvolvo o meu amor próprio, menor será a minha sensação de rejeição.

Após ser rejeitado ou para tentar conquistar quem ama há pessoas que simulam ser o que não são. Há algum risco em tentar ser algo somente para o outro te amar?
C: O risco desta condição é a própria condição em si. Veja só: Eu simulo ser alguém para que você me aprecie. Na verdade, não sou nada daquilo, mas agora você se apaixona por aquela máscara. Então, resta perguntar: quem está sendo amado? Eu ou minha máscara? Se for a fundo nesta reflexão, verá que não existe benefício algum neste jogo pois, o amor que tanto desejo, no final das contas, não esta vindo para mim, apesar de meu esforço e sim para um personagem que não existe.

Por mais que possa doer, rejeitar pode libertar quem nos ama. O senhor acha que se deve rejeitar ou fingir que nada está acontecendo?
C: Tudo depende do nível de envolvimento de ambas as partes. Quando existe a possibilidade de diálogo, a coisa mais libertadora a ser feita é dizer claramente a outra parte que você não está interessado. Fingir que nada acontece só irá fortalecer um vínculo kármico-emocional entre ambos.

Nos casos de um amigo que se apaixona pelo outro o medo da rejeição parece ser ainda maior. Como lidar com esses casos de um amigo nos amar e não sentirmos o mesmo?
C: Seja grato pelo amor que lhe é oferecido. Diga para a outra pessoa que você a respeita e que valoriza o amor que ela tem por você. Mas seja também sincero em dizer que, neste caso, em específico, você não tem nada para oferecer para ela pois seus sentimentos não são os mesmos.

Após algumas rejeições é quase impossível não ficar com a autoestima abalada. Há algum modo de saber se o outro realmente se interessaria antes de se entregar ao sentimento, ou sempre se tem que correr o risco?
C: Para a mente comum, é muito difícil saber quais são as intenções alheias. Mas, talvez seja melhor assim, pois amar é correr riscos. Se o meu amor signfica que preciso ter a aceitação da outra parte, então não posso chamar isto de amor e sim de troca ou de comércio afetivo. Amar não implica que o outro me aceite ou me escolha. Além disso, não é vergonhoso dizer para outra pessoa que você a aprecia, a admira e que tem bons sentimentos por ela.

"Se a pessoa sofre pode ser positivo se afastar de quem ela ama, a não ser que se seja masoquista"

Há pessoas que temem se apaixonar somente por quem não gosta delas. Existe a possibilidade do indivíduo procurar ser sempre rejeitado?
C: Sim. Se eu cultivo em minha mente a idéia de que não mereço ser amado, então, por uma questão de afinidade vibracional, vou procurar pessoas que me confirmem esta tese.

Quando se está muito apaixonado e sofrendo com a rejeição, afastar-se de quem se ama pode ser uma boa alternativa para se recuperar?
C: Coloquemos o tema do amor de lado e falemos de uma forma mais genérica: Afastar-se daquilo que te faz sofrer é sempre uma boa opção, a não ser que você seja masoquista, não é verdade?

http://www.eusoqueriaumcafe.com


flower
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://ldaamor.forumeiros.com
 
REJEIÇÃO: LIDANDO COM O AMOR NÃO CORRESPONDIDO
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» "O grande e imenso amor de Deus, a graça de Jesus Cristo, Seu filho, e as doces consolações do Espírito Santo, sejam para com todos aqueles que Nele crê, não só hoje, mas para todo sempre." E em confirmação a igreja diz: "Amém!"
» "Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé"
» Amor de Deus... o Grande Amor de Deus pelos homens
» Como o Pai me amou, também eu vos amei a vós; permanecei no meu amor.
» Você consegue entender o amor de Deus ?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
LEI DA ATRAÇÃO, AMOR E DÚVIDAS!  :: AMOR NÃO CORRESPONDIDO-
Ir para: